Construindo confiança

12 dez

A palavra que difere entre receber ou não a pergunta “pra onde?” em resposta a “vamos?”, a confiança é algo subjetivo sem meios de mensuração, é uma dádiva conquistada em cima de atos concretizados de pessoa para pessoa.

Toda pessoa define um grau de confiança inicial desde o momento em que bate o olho em outra pessoa, muitas vezes esta confiança é influenciada por outras pessoas, pela profissão ou até pela roupa que a pessoa está vestindo, gerando assim desconfiança.

Confiar na palavra de uma pessoa é algo que necessita de um contato planejado, através de horas conversando ou uma boa propaganda, já para confiar nos atos de uma pessoa é necessário uma grande prova de habilidade. Independente de como a confiança é conquistada, basta uma seqüência de erros para que ela seja quebrada ou ao menos comprometida.

A pergunta “você confia em mim?” precisa de muito tempo de convivência para receber uma resposta imediata e impensada, mas sempre pode-se responder “claro, por que?” e depois dizer “estou com dor de barriga, não vai dar”.

Confiança é um castelo de cartas que pode se desfazer a qualquer momento, basta que uma carta seja tirada sem cuidado suficient ou que uma pequena rajada de vento sopre em direção dele.

3 Respostas to “Construindo confiança”

  1. Graciela dezembro 12, 2009 (sábado) às 3:16 #

    Texto interessante, o que te inspirou ele?
    Concordo plenamente. Com toda certeza o castelo da confiança se constrói aoas poucos, até que tenhamos certeza de que ele aparentemente se encontra sedimentado, afinal, nunca sabemos se a pessoa que está ao nosso lado, na verdade não é um(a) psicopata? ahahahhaaha
    E vc, confia em mim?! (não, melhor nem responder!)=p

    Curtir

  2. Christoffer Kraus dezembro 14, 2009 (segunda-feira) às 16:45 #

    NUNCA! rsss =x

    Curtir

Trackbacks/Pingbacks

  1. Construindo confiança | Blog de Rede - novembro 21, 2010 (domingo)

    […] https://c2kraus.wordpress.com This entry was posted in Uncategorized and tagged confiança, falsidade, mentira, pessoas, Ponderando. Bookmark the permalink. Velocidade do tempo → […]

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: