Hora da verdade

30 maio

Este fim de semana, assisti o filme “Penetras Bom de Bico”, um filme hilário bem estilo enlatado americano com moral da história. Resumindo, são dois amigos que entram em festas sem serem convidados para pegar garotas, mas em uma das festas, um deles se apaixona por uma garota e ela por ele. Acontece que para entrar nas festas eles usam nomes falsos, mentem sobre status social e criam situações, tudo para impressionar as garotas e não serem expulsos da festa, quando ele é desmascarado é o fim do romance. Bolinha vai, bolinha vem ela perdoa ele.

Moral da história: a moça se apaixona pela essência do cara, não está nem aí pro seu nome real, sua família rica ou seu cartão de crédito, eles ficam juntos e vivem felizes até acabar o filme. Se a verdade saisse da boca dele a parte do “bolinha vai, bolinha vem” poderia nem acontecer.

Falar a verdade é arriscado demais e necessita de muita coragem, inventar/omitir/mentir é fácil e um ato covarde. Esperar ser desmascarado é cômodo, mentir mesmo depois de desmascarado é doentil.

Mentir é aceitável, só é preciso ficar atento a hora da verdade e não deixá-la passar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: