Emancipando o Brasil

21 nov

Hoje passei algumas horas brincando com os novos números do IBGE, o resultado ainda não é oficial, mas segundo os números preliminares temos 5.565 municípios, sendo destes 224 com mais de 100 mil habitantes representando quase a metade dos 185,7 milhões contados pelo Censo 2010.

Entre os 224 maiores municípios brasileiros, temos São Paulo com quase 11 milhões de cabeças, o Rio com seus quase 6 milhões e uma sorte de 12 outros com mais de 1 milhão, sobrando ainda 5.341 municípios com menos de 100 mil habitantes, dos quais cerca de 15% não devem ser maiores do que o menor bairro dos 224 maiores municípios e dão um prejuízo danado pra união.

No estado de São Paulo 158 dos 645 municípios tem menos de 5 mil habitantes, outros 193 deles tem até 15 mil. No segundo maior estado da federação, Minas, estão 853 municípios dos quais 243 tem menos de 5 mil habitantes e 372 até 15 mil. Ficam neste dois estados as cidades com menor população, elas são Borá/SP com 805 habitantes e Serra da Saudade em Minas Gerais com 810.

Sem contar os gastos com prefeitos e dando todo mérito aos 51.748 vereadores do Brasil, o salário de um vereador em uma cidade de até 10 mil habitantes é de no máximo 20% do salário do deputado estadual, esta variação chega até 75% em cidades com mais de 500 mil habitantes e são eles mesmo que votam o quanto querem ganhar no próximo mandato. Em São Paulo (mais de 10 milhões de habitantes), por exemplo, os vereadores recebem 9.288 reais. Já em Vitória/ES (~300 mil habitantes) o salário é de 3.000 reais. O maior salário é o de Campo Grande/MS, 9.500 reais, a população da cidade é de aproximadamente 750 mil habitantes. Os benefícios recebidos pelos vereadores em uma cidade com até 100 mil habitantes são de até 8% dos benefícios que um deputado estadual recebe.

Fazendo um cálculo simples, pensando somente no básico, os 224 maiores municípios brasileiros somados terão um máximo de 4996 vereadores (antes da Emenda Constitucional de 2009 este número seria de 5000), considerando o salário de Campo Grande, o custo destes vereadores seria de 47,4 milhões de reais mensais.

Agora fazendo um cálculo também simples, pensando somente no básico, os 5.341 municípios restantes teriam no mínimo 9 vereadores (48069 vereadores), se cada um deles ganhasse 1 salário (fortes risadas sarcásticas), o cálculo da folha seria de 27,2 milhões de reais mensais. Tomando como exemplo, Borá, a cada quatro anos 3 urnas eletrônicas são destacadas para a cidade elegendo com cerca de 30 votos um dos 9 vereadores que ganharão R$ 700 mensais (em 2008 o vereador mais votado teve 69 votos).

Os números acima não são garantidos e devem ser muito diferentes da realidade, mas posso garantir que o rombo é bem maior já que cada vereador ainda tem direito a verba de gabinete para o pagamento dos salários de seus assessores diretos, além de verba indenizatória, auxílio paletó, auxílio alimentação, auxílio gasolina, uma cota mensal de selos e ainda toda a sorte de suprimento para o gabinete.

Em alguns países, cidades que não alcançam um número mínimo de habitantes não são reconhecidas como municípios, então elegem um conselho e este elege administrador para a cidade, tudo isso sem remuneração. No Brasil, até 1975 a vereança gratuita era uma tradição, um exemplo de cidadania que nunca deveria ter “saído de moda”.

Resumindo: Seu município bem que poderia ser o bairro distante do meu ou seus vereadores poderiam votar remuneração zero para os próximos que vierem, afinal, de qualquer maneira eles sempre darão um jeitinho de lucrar.

Quer saber os disparates do seu estado? Visite os resultados do Censo 2010 no site do IBGE: http://www.censo2010.ibge.gov.br/dados_divulgados/index.php?uf=00

Links:
http://www.censo2010.ibge.gov.br/
http://veja.abril.com.br/idade/exclusivo/perguntas_respostas/vereadores/index.shtml
http://g1.globo.com/Eleicoes2008/0,,MUL651497-15693,00.html
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/Emendas/Emc/emc58.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/(…)estados_do_Brasil_por_densidade_demográfica
http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_places_with_fewer_than_ten_residents

Anúncios

2 Respostas to “Emancipando o Brasil”

  1. Deia Zoboli janeiro 11, 2011 (terça-feira) às 12:07 #

    Ótimo!

    Curtir

Trackbacks/Pingbacks

  1. Emancipando o Brasil | Blog de Rede - novembro 21, 2010 (domingo)

    […] https://c2kraus.wordpress.com This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink. ← Hello world! […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: