Tag Archives: marketing

Música, Imagem e Conceito

4 maio

Usar a música em momentos indescritíveis sempre esteve presente nas artes desde o teatro até os filmes mais bem produzidos de Hollywood, sendo assim, na propaganda não poderia ser diferente. Passar uma mensagem através da música, levar o expectador a imaginar uma cena ou um sentimento é um dos principais requisitos de uma boa mensagem de 30 segundos.

A Coca-cola em suas peças institucionais explora isso como nenhuma outra empresa, porém, diferente de outras brands, ela cria músicas e melodias de acordo com a sensação que ela deseja passar e treina o expectador a receber e lembrar dessa sensação cada vez que a ouve.

Para esta estratégia ela usa comerciais mais longos (60 à 90 segundos), rodando massivamente durante uma ou duas semanas, incluindo letra e imagens detalhadas. Depois disso lança uma versão reduzida geralmente sem a letra da música, somente com parte da melodia, convertendo, no momento exato, a música em uma sensação.

Na peça “Mãe você é essa coca-cola toda”, a empresa utilizou poucas imagens e ao fundo a melodia da amplamente divulgada “Já chegou o natal” passando a idéia de harmonia e fraternidade natalina no meio do ano.

Continue lendo

Blog corporativo, não é pra qualquer um

26 fev

Se o comunismo reinasse no mundo e a publicidade ainda assim existisse, seu princípio básico seria: Se sabe que não vai dar certo, encontre algo que dê. Mas na nossa comunidade egoísta e capitalista a coisa funciona mais no “vamos faturar em cima do cliente até ele descobrir que isso não funciona e anunciar no programa do João Cleber”.

Muito além de palavras jogadas ao vento, um post em um blog é uma maneira de compartilhar formas de pensamentos, sejam eles utilidades ou futilidades, a mensagem vale a repercussão conteúdo. Ou seja, se ele será um fracasso ou um sucesso.

O blog corporativo é a maneira que a empresa compartilha sua forma de pensar, é nessa hora em que entra o departamento de marketing e uma boa agência de publicidade para responder: A empresa pensa em…?

Respondendo esta pergunta, profissionais altamente qualificados vestem sua capa de ghost-writer e transformam a idéia de blog em uma excelente ferramenta repetidora de press-releases e um belo catálogo de supermercado. Para tornar o blog mais atraente e interativo, definem um espaço especialmente reservado para a última campanha veiculada na TV e incluem link para o moderníssimo Twitter da @empresa, que consegue concentrar em 140 caracteres o título do último post  e um link reduzido para ele.

Se você é publicitário, leu a fórmula mágica do parágrafo acima e gostou da idéia, parabéns, seu cliente é o “qualquer um” do título deste texto e um blog corporativo, definitivamente não é bom para ele.

Dia das mães fora de época Coca-cola

1 set

Na primeira vez que vi a promoção “Mãe, você é essa Coca-cola toda”, fiquei imaginando os motivos que levariam a empresa a fazer uma ação desta no meio do ano. A impressão inicial parece estranha, mas quando se pára para pensar quem escolhe o refrigerante que a criança vai beber e quem é que compra o litrão de Coca-cola, logo se percebe que eles tem mais é que puxar o saco mesmo. Até mesmo no comercial dos programas do João Cleber.

A promoção faz parte de uma nova campanha publicitária, que vai bem mais além de vender, exibindo situações típicas do dia-a-dia e tentando passar através da afetividade de mãe e filho a idéia de que a Coca-cola é única, insubstituível e que está presente nos melhores momentos da vida.

Os prêmios também não foram escolhidos por acaso, a Coca-cola estudou os hábitos de consumo das mães e em pesquisas de atratividade chegou ao resultado que 100% das mães pesquisadas consideram o computador um item muito atrativo, seguido por Coca-Cola grátis por um ano (98%) e curso profissionalizante (97%).

Mais uma bela sacada de marketing da Coca-cola, fidelizando mães para viciar nossas crianças desde pequenas. Já para as que não cairem nesta, sempre haverá Kapo e os sucos Del Vale.

Mais informações no site da promoção. Viva o lado Coca-cola da vida =)

Ficha técnica:

TÍTULO: Sabor
CLIENTE: Coca-Cola Brasil
CAMPANHA: Campanha Mães
PRODUTO: Coca-Cola
AGÊNCIA: McCann Erickson Brasil
DURAÇÃO: 30″

DIREÇÃO DE CRIAÇÃO: Alexandre Okada, Fred Sartorello / REDATOR: Zil Ribas / DIRETOR DE ARTE: Neca Bohrer / RTVC: Paula Moraes, Ricardo Gaida / ATENDIMENTO AGÊNCIA: Fernanda Galluzzi, Marici Marotti / MÍDIA AGÊNCIA: Sandra Catarino, Carla Dart, Elaine Almeida, Fátima Santos / APROVAÇÃO CLIENTE: Ricardo Fort, Ana Paula Castello Branco, Alessandra Bartholo, Luciana Feres, Gian Martinez, Marry Zerk, Camila Coelho

PRODUTORA DO FILME: O2 Filmes / ATRIZ: Brenda Ligia / DIREÇÃO: Alex Gabassi / DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Lito Mendes da Rocha / DIREÇÃO DE ARTE: Marcelo Escanuela / ATENDIMENTO PRODUTORA: Rejane Bicca / Diane Maia / MONTAGEM: Lucas Gonzaga / PÓS-PRODUÇÃO/FINALIZAÇÃO: O2 Filmes / PRODUTORA DE SOM: Tentáculo

Press release: http://www.otimismo2009.com.br/release_detalhe.asp?release=167&Categoria=38

Era uma vez um projeto…

9 dez

“Com todo respeito, eu sou a chefe da TI e tenho uma boa autoridade nisso. Se você pesquisar “google” no Google, você pode destruir a internet.” [link]

Retirei esta frase do sitcom inglês “The IT Crowd”, o seriado conta a história de uma equipe de TI que é gerenciada por uma pessoa sem capacitação alguma na área, porém com o tempo se adaptam a ela formando uma bela equipe. Uma história feliz que na vida real nem sempre se repete com os gerentes de projeto…

Para que serve um gerente de projetos?

Tanto no desenvolvimento de software quanto em qualquer outra área que se utilize de um gerente de projetos, sua função base é o de minimizar os riscos e falhas. Para garantir esta tarefa o gerente tem que estar atento a três variáveis: tempo, custo e escopo — também conhecido como o triângulo “bom :  rápido : barato”.

Em miúdos, as tarefas do gerente no ciclo normal de um projeto é conseguir recursos > planejar a execução > monitorar a execução > encerrar o projeto. Claro que nesse percurso ele pode encontrar várias outras tarefas interessantes, como por exemplo motivar a equipe, pois além de controlar prazos, um gerente de projeto gerencia pessoas.

Um bom gerente de projetos sabe que seu papel é dentro da equipeQuando ele se dá conta disso, percebe que só conseguirá seu objetivo se apoiar a equipe a cumprir suas metas. Infelizmente como o cargo é ainda muito abstrato, têm se visto no mercado cada vez mais pessoas despreparadas que se auto-intitulam “Gerente de Projetos”.

Não é difícil identificar esse tipo dentro da empresa, basta procurar pela pessoa atrás de um computador na mesa ou sala mais distante da equipe (as vezes nem fisicamente). Também pode-se identificar em uma conversa frente-a-frente ou no diálogo com o time, onde figuram o abuso de jargões que nada dizem e frases como “Vamos dar um gás!”, “Fica pronto hoje?” e “Está faltando pró-atividade em vocês!”.

A falta de experiência e, muitas vezes, a prepotência que o cargo oferece, faz com que o gerente desse tipo contamine a equipe, sugando sua auto-estima e afetando negativamente sua moral. Normalmente o tipo é motivo de piada para o time e, para descontar sua frustração, se utiliza da manipulação gerencial e ameaças (como um bom capataz).

Existem bons gerentes de projetos, estes muitas vezes graduados na área e com sólidos conhecimentos no tipo de projeto que trabalha. Este tipo de gerente consegue o respeito do time, tendo uma equipe produtiva e cumprindo seu objetivo principal: minimizar riscos e fracassos.

Para que serve O SEU gerente de projetos?

Sei que não tenho um grande público, mas fica aí a pergunta para quem quiser compartilhar um pouco de suas mágoas sua experiência com gerentes de projetos.

Abaixo algumas figurinhas que recebi pela primeira vez da minha ex-GP, Déia “Chefa” Zoboli, que sabia como se integrar a equipe e com certeza está muito além do perfil citado acima.


Mais figuras no site do Project Cartoon: http://www.projectcartoon.com/

%d blogueiros gostam disto: